sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Corpo de Bombeiros, novamente, é a instituição mais confiável do país


O que leva uma instituição a ser altamente confiável para a população?
Desde 2009, ano em que o IBOPE Inteligência iniciou a pesquisa, o Corpo de Bombeiros é a instituição mais credível para os brasileiros. Esse resultado pode ser explicado pelo trabalho realizado pelo Corpo de Bombeiros, que possui caráter humanístico e altruísta.
Especificamente em Minas Gerais, o Corpo de Bombeiros militar é admirado pelos mineiros por atender com presteza e agilidade diversas ocorrências. Somente no ano passado, foram mais de 300 mil atendimentos à população, subdivididos em áreas que vão do atendimento pré-hospitalar, passam pelo combate a incêndio, continuam pelo salvamento de pessoas e bens e seguem pela prevenção e vistoria.
O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais ainda realiza trabalhos junto à comunidade, como: aulas de natação, cursos de primeiros socorros e atividades para crianças, jovens e idosos.
Índice de Confiança Social
Realizado desde 2009, sempre no mês de julho, o Índice de Confiança Social é medido em uma escala que vai de 0 a 100, sendo 100 o índice máximo de confiança. A pesquisa foi realizada entre os dias 19 e 23 de julho, com 2.002 pessoas a partir de 16 anos, em 142 municípios do país.

BOMBEIRO: O AMIGO CERTO NAS HORAS INCERTAS!

Mais de 8 mil candidatos concorrem a uma vaga na Câmara dos Deputados

tualizad
ivulgação/TSE
Direito - geral - TSE Tribunal Superior Eleitoral justiça
O prazo para o registro oficial de candidaturas encerrou-se ontem
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registrou 8.067 candidaturas para a Câmara dos Deputados. Desse total, apenas 31,6% são mulheres e 41% se declaram como pretos ou pardos. Além disso, o TSE registra 38 indígenas candidatos a deputado federal.

Para o professor da Universidade de Brasília, especializado em Direito Eleitoral, Erick Pereira, os avanços nas candidaturas ainda são tímidos para tentar superar a atual sub-representação da população brasileira na Câmara.

"Muitas vezes as dificuldades – sejam geográficas ou sociais propriamente ditas – fazem com que se tenha uma lentidão no incentivo à inclusão, mesmo com a modificação que temos hoje no financiamento público que incentivou muitas candidaturas", avalia Pereira.

Candidatos à Presidência
Ao todo, 27.249 candidatos vão disputar as vagas para oito cargos eletivos em 2018. Serão 13 candidatos a presidente da República, dos quais dois são deputados federais atualmente: Cabo Daciolo (Patri-RJ) e Jair Bolsonaro (PSL-RJ).

Completam a lista: Álvaro Dias, do Podemos; Ciro Gomes, do PDT; Geraldo Alckmin, do PSDB; Guilherme Boulos, do Psol; Henrique Meirelles, do MDB; João Amoedo, do Novo; João Goulart Filho, do PPL; José Maria Eymael, da Democracia Cristã; Marina Silva, da Rede; Vera Salgado, do PSTU.

O PT registrou Luiz Inácio Lula da Silva como candidato a presidente e Fernando Haddad como vice, mas o Movimento Brasil Livre e a Procuradoria Geral da República já apresentaram os primeiros questionamentos ao TSE com o argumento de que Lula, atualmente preso e condenado em segunda instância, não pode ser candidato.

ImpugnaçõesEventuais impugnações de candidatura serão analisadas pelo TSE até 17 de setembro. "A Justiça Eleitoral vai fazer a análise de um a um para verificar se os candidatos preenchem as chamadas condições de elegibilidade e se nenhum desses candidatos incide em alguma inelegibilidade, aquilo que tornaria o candidato ficha limpa ou ficha suja", explica o secretário judiciário do TSE, Fernando Alencastro.
Em 2014, do total de 26.162 candidaturas inicialmente registradas, 4.184 foram consideradas inaptas por motivos diversos, como indeferimento da candidatura, renúncia e até por falecimento, como foi o caso do então candidato do PSB à presidência da República, Eduardo Campos.

O TSE registra ainda 197 candidatos aos governos estaduais, 339 ao Senado, 16.827 às assembleias legislativas e 954 à Câmara Distrital.
Reportagem – José Carlos Oliveira
Edição – Natalia Doederlein


A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias

Dos atuais deputados estaduais, 64 tentarão reeleição


Oito integrantes da Assembleia de Minas tentarão uma vaga na Câmara de Deputados, em Brasília.

Além dos cargos majoritários de presidente, governador e senador, nas próximas eleições os cidadãos brasileiros também vão escolher seus representantes nos parlamentos federal (Câmara dos Deputados) e estadual (Assembleia Legislativa). Em Minas Gerais, serão escolhidos 53 deputados federais e 77 estaduais.
Dos atuais deputados que atuam na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), 64 vão tentar reeleição, oito se candidatarão a deputado federal e cinco não participarão da disputa. Entre os que não concorreram, o presidente da Casa, Adalclever Lopes (MDB), é candidato a vice-governador na chapa de Márcio Lacerda (PSB).
Anselmo José Domingos (PTC) não vai participar do pleito para se dedicar exclusivamente à presidência de seu partido; Tiago Ulisses (PV) preferiu coordenar a campanha de Antonio Anastasia (PSDB) ao Governo de Minas.
Missionário Marcio Santiago (PR) abdica da candidatura em favor de sua esposa, Leda Santiago. O deputado Cabo Júlio (MDB) não vai concorrer a nenhum cargo público.
Sete parlamentares vão tentar uma vaga na Câmara em Brasília: Fabiano Tolentino (PPS), Fábio Cherem (PDT), Felipe Attiê (PTB), Fred Costa (Patri), Gilberto Abramo (PRB), Lafayette de Andrada (PRB), Paulo Guedes (PT) e Rogério Correia (PT).
Renovação – Os índices de renovação da Assembleia Legislativa têm se alterado ao longo dos últimos 20 anos, refletindo ainda mudanças no cenário nacional, mas não chegaram a atingir metade do parlamento.
Em 1998, último mandato do presidente Fernando Henrique Cardoso, os novos deputados representaram 38,97% do parlamento eleito naquele ano. Na eleição de Luiz Inácio Lula da Silva, em 2002, a Casa apresentou o maior índice de renovação desse período: 46,75%.
Em 2006, as mudanças ocorreram em 40,25% das vagas. A renovação nas eleições de 2010 e 2014 voltou a representar pouco mais de um terço dos deputados que tentaram reeleição: 36,36% e 33,77%, respectivamente.

Sexta-feira da Virada Varginha 2018 será de serviço e diversão




Segundo dia da Virada vai espalhar atrações em vários pontos da cidade e promover a participação da comunidade.

A sexta-feira é aquele dia gostoso da semana em que sentimos a sensação do dever cumprido e queremos nos divertir e relaxar, não é? Então, que tal aproveitar com os amigos e a família a programação da Virada Varginha?  Se a correria da semana não permitiu, na sexta dá para contemplar o sol de um jeito que talvez você nunca tenha feito antes.  Um telescópio gigante na Praça Getúlio Vargas estará à disposição de quem quiser ver o sol durante o dia (das 11h às 13h) e as estrelas e planetas a noite no Memorial do ET na Vila Paiva (das 19h às 22h).  O astrônomo João Marcos de Almeida Pinto acompanhará a atividade para responder perguntas e curiosidades sobre o tema. O aparelho foi emprestado pelo Observatório Vaz Tolentino, de Belo Horizonte, em parceria com o Instituto de Pesquisa, Educação e Extensão em Arte Educação e Tecnologias Sustentáveis – IPEARTES de Goiás.
A partir das dez horas da manhã, o Ponto de Informações sobre o festival será instalado na Praça Getúlio Vargas, ali, além de retirar gratuitamente o mapa guia, o público terá a oportunidade de participar de diversas ações como um posto de coleta de resíduos eletrônicos pela EcoBrasil e de vidros não-quebrados pela Raneri para serem destinados à reciclagem. Também estará por lá, o palhaço Asterístico de São Paulo. O personagem vai conduzir o “Varal Cultural”, uma das ações mais participativas da Virada. Quem estiver passando vai poder deixar uma mensagem, desenho, receita de bolo, ideia para o futuro da antiga Linha Férrea e até uma declaração de amor. Esse varal colorido e participativo será exposto durante o sábado (18), na Praça da Vila Flamengo.
Uma sociedade ativa e participativa precisa ter boa saúde, por isso às onze horas da manhã têm início ações de conscientização de combate à dengue, com a distribuição de cartilhas interativas, brincadeiras e sessões de teatro.
A tarde, também na Praça Getúlio Vargas tem campeonato de Skate inusitado. Este ano, os alunos da Fundação Varginhense de Assistência aos Excepcionais - Fuvae serão os avaliadores dos skatista. O coordenador-geral da Virada Diego Gazola, explica que essa ação foi pensada justamente para mostrar para a sociedade como os alunos da Fuvae conseguem interagir de forma participativa com qualquer ambiente. “Nós pensamos em como integrar os alunos da Fuvae à Virada de uma forma que eles pudessem se divertir e aprender. Além disso, ter pessoas tão especiais como juradas de um campeonato esportivo é a chance da sociedade olhar para elas com mais humanidade e menos preconceito”, destaca.
Para encerrar o dia, cinema e música para os moradores do Parque Rinaldi 2, nas adjacências do Jardim Áurea. A partir das seis horas da tarde os DJs ValdLuca e Xandão se apresentam com o melhor dos anos 70, 80 e 90. Às sete horas da noite o muro dos fundos da Creche Municipal Célia Campos Tavares vai se transformar em uma tela de cinema para a exibição do filme BugiGangue no Espaço, uma animação 3D intergaláctica com a participação do personagem ET de Varginha.  “Queremos que a população passe o dia respirando a Virada Varginha desse ano, por isso planejamos atividades em vários horários e em pontos diferentes da cidade, inclusive em bairro periféricos. Quem quiser participar da Virada vai conseguir ir ao menos em uma atividade na sexta”, destaca Diego. 
Para ter acesso à programação completa da Virada Varginha, basta entrar no site www.viradavarginha.com.br, Instagram @viradavarginha ou ainda pelo Facebook /viradasuldeminas.
A Virada Varginha 2018 é um festival não governamental de cidadania mobilizado pela Muda de Ideia e Sakey Comunicação, alinhada com o Fórum Varginha 2050. O festival conta com parceria estratégica do Sebrae e é viabilizado pela Pedreira Santo Antônio e Grupo Unis. Conta também com o apoio da RN, Moinho Sul Mineiro e da Associação Feminina de Assistência Social (AFAS-Varginha).


Rede de Notícias do Sindijori MG

COLUNA MG


Jaíba faz economia na iluminação pública

            A Prefeitura de Jaíba contratou a empresa Extra Energy, para executar serviço de manutenção corretiva e preventiva do sistema de iluminação pública de todo o município, com reparo de danos e troca de lâmpadas. Ao todo mais de 4 mil pontos de iluminação pública serão revisados e mantidos pela empresa. Segundo o Prefeito Reginaldo Silva, a Prefeitura optou por realizar a contratação da Empresa, através de licitação própria e conseguiu uma economia de 67% sobre os valores praticados pela administração anterior. A troca de lâmpadas queimadas, a partir de agora, pode ser solicitada pelo cidadão por telefone e até pelo aplicativo whatsapp. (Folha de Jaíba)


Teófilo Otoni realiza maior feira do norte

            A Exponor 2018, a  maior mostra empresarial do nordeste mineiro, teve a sua abertura oficial realizada ontem no Expominas,  em Teófilo Otoni, e prossegue até domingo,  19. No total são  mais de 180 estandes distribuídos em um espaço de  mais de 10.000 m². A feira  além de aproximar público  e produtos é o local ideal  para que empresários possam fazer rede de contatos  e fechar parcerias fortes.  No ano de 2017 a Exposição reuniu 175 estandes  de segmentos diversos  da economia, sendo que durante 4 dias de Feira  passaram pelo local um público flutuante de mais de 50 mil pessoas, foram mais de R$ 5 milhões de reais em negócios fechados. (Tribuna do Mucuri)


Obra atrasada prejudica 480 alunos
            Aquela que seria a obra mais importante iniciada e concluída na administração do prefeito Humberto Souto pode deixar 480 estudantes a ver navios. A construção de uma quadra poliesportiva para a Escola Municipal Egídio Cordeiro Aquino, em Montes Claros, que deveria ter sido concluída em maio deste ano, está a passos lentos. Quinze meses após o início das obras, apenas os serviços de fundação e o levantamento de 14 colunas de concreto foram realizados. A nova previsão de entrega é dezembro deste ano. Nesse ritmo, dificilmente o espaço ficará pronto dentro desse prazo. A obra, orçada em R$ 606.906,42 oriundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. (O Norte de Minas - Montes Claros)

Obras em Patos devem ser retomadas
            Depois de mais de um ano paralisadas, as obras do bloco 1A do campus Patos de Minas da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) serão retomadas até o fim de agosto. Com verba de R$ 4,2 milhões aproximadamente a ser recebida, a obra não poderá ser finalizada, mas seguirá enquanto o restante do valor necessário é pleiteado pela Pró-reitoria de Planejamento e Administração. Cerca de R$ 17 milhões ainda são necessários. No geral, quatro obras da UFU estão paradas, seja em Uberlândia ou nos campi da instituição em outras cidades. O diretor de infraestrutura da UFU, José Anceloann, explicou que R$ 1,9 milhão já está empenhado e outros R$ 2,3 milhões virão por emendas parlamentares. (Diário de Uberlândia)

Trem Turístico seleciona maquinistas
            Ainda não foi divulgada a data para o início das operações do Trem Turístico Minas-Rio, que ligará Cataguases a Três Rios, mas quem quiser trabalhar nesse projeto já pode mandar o currículo para a Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) Amigos do Trem, responsável pela iniciativa. Num primeiro momento, a empresa está procurando por maquinistas (aposentados ou em atividade), mas em breve deve realizar seleções em outras áreas. A partir da tarde desta quarta-feira, 15 de agosto, o público de Três Rios, no Rio de Janeiro, poderá conhecer em primeira mão o trem que em breve fará viagens até Cataguases, em Minas. (Leopoldinense)

São Lourenço tem área rural produtiva
Mesmo tendo um território reduzido em relação aos municípios vizinhos, a cidade de São Lourenço possui uma produção agropecuária significativa, diversificada e bem produtiva. Em estudo oficial preliminar do IBGE (sujeito a alteração), Censo Agro 2017, que terá sua publicação nesse segundo semestre de 2018, aponta uma área rural produtiva, sendo que 48% da área total de São Lourenço é área rural. Em dados coletados, esses 48% significa 2.817 hectares em 78 propriedades rurais produtivas, não relacionados aqui áreas rurais de lazer. O estudo aponta ainda que 92% da população rural é composta por homens e 8% mulheres. Desses, 95% sabem ler e escrever, sendo 1% com idade menos de 30 anos, 58% entre 30 e 60 anos e 41% acima de 60 anos. (O Popular Net - São Lourenço)

Prefeito vistoria obras do Memorial do ET
            Acompanhado dos secretários municipais de Obras, José Roberto Pinto e de Planejamento, José Manoel Magalhães Ferreira, o Prefeito de Varginha, Antônio Silva, esteve em vistoria nas obras do Memorial do ET, no Alto da Vila Paiva. Estiveram presentes também o diretor da Guarda Civil Municipal Eduardo Silva e o comandante da GCM, Gerson Trindade e Nilton Geraldo, da Secretaria Municipal de Turismo. Ficou ainda acertada a adequação do espaço na parte inferior do prédio, onde será instalado um ponto de apoio da Polícia Militar e de uma base da Guarda Civil Municipal, que fará o vídeo monitoramento do prédio e de seu entorno e será responsável pelo controle do sistema de alarme. (Gazeta de Varginha)


Comissão aprova mudanças do Senado a crime de exposição de fotos íntimas na internet


Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Ordem do dia para discussão e votação de diversos projetos. Dep. Laura Carneiro (S.PART. - RJ)
Laura Carneiro relatou a proposta em Plenário no ano passado e agora na comissão: as mudanças vem ao encontro dos anseios da sociedade
A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher aprovou nesta terça-feira (14) proposta que pune com pena de reclusão de 2 a 4 anos, mais multa, o registro ou divulgação, não autorizada, de cenas da intimidade sexual de uma pessoa, a chamada “vingança pornográfica”.
O texto da Câmara dos Deputados modifica a Lei Maria da Penha (Lei 11.340/06) para tipificar nova forma de violência doméstica e familiar contra a mulher com a divulgação pela internet, ou em outro meio de propagação, de informações, imagens, dados, vídeos, áudios, montagens ou fotocomposições da mulher sem o seu expresso consentimento.
Entretanto, a comissão aprovou substitutivo do Senado ao 5555/17 que apenas inclui a violação da intimidade como outra forma de violência doméstica e familiar, sem caracterizá-la.
Para a relatora na comissão, deputada Laura Carneiro (DEM-RJ), o texto “vem ao encontro dos anseios de toda a sociedade, ao aprimorar a rede de resguardo das mulheres que sofrem violência de natureza doméstica e familiar”. Carneiro foi a relatora de Plenário do texto aprovado em 2017.
Aumento de punição
Originalmente a proposta estabelecia pena de reclusão de 3 meses a 1 ano, mais multa, pela exposição da intimidade sexual de alguém por vídeo ou qualquer outro meio. O texto vindo do Senado ampliou essa pena de reclusão para 2 a 4 anos, mais multa. O texto original estabelecia aumento de um terço à metade se o crime for cometido por motivo torpe ou contra pessoa com deficiência.
Mais quatro possibilidades para aumento de pena foram acrescidas no Senado: prática do crime contra pessoa incapaz de oferecer resistência ou sem discernimento apropriado; com violência contra a mulher; por funcionário público no exercício de suas funções ou por quem teve acesso a conteúdo do material no exercício profissional e que deveria mantê-lo em segredo.
A tipificação prevista no Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40) foi reformulada para “divulgação não autorizada da intimidade sexual”. Também comete o crime quem permitir ou facilitar, por qualquer meio, o acesso de pessoa não autorizada a acessar esse tipo de conteúdo.
Atualmente, o Código Penal já tem uma tipificação (Lei Carolina Dieckmann 12.737/12) para o crime de invasão de dispositivo informático, com pena de reclusão de seis meses a 2 anos e aumento de um a dois terços quando houver a divulgação a terceiros do conteúdo obtido.
Foto ou filmagem
O substitutivo do Senado também cria outro delito, o registro não autorizado da intimidade sexual, com pena de detenção de 6 meses a 1 ano e multa. Comete o mesmo crime quem realiza montagem para incluir pessoa em cena de nudez ou ato sexual.
Finalmente, o texto muda o Código Penal para que, nos crimes relativos à exposição da intimidade sexual, a ação penal seja pública e condicionada à representação.
Tramitação
A proposta tramita em caráter de urgência e ainda será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania; antes de ir ao Plenário.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

Reportagem – Tiago Miranda
Edição – Geórgia Moraes

Bootcamp Empreendedorismo em Ação é realizado em Poços de Caldas  



Capacitação do Sebrae Minas pode transformar uma ideia em negócio, em um curto espaço de tempo


Estão abertas as inscrições para o curso Bootcamp Empreendedorismo em Ação, que será realizado em Poços de Caldas, de 21 a 23 de agosto. Nas atividades distribuídas em seis módulos, os participantes percorrem o caminho que existe entre uma ideia de um novo projeto ou negócio e sua implantação. As inscrições podem ser feitas na sede do Sebrae, à Rua Marechal Deodoro, 274, no Centro, mesmo local onde será ministrado o curso. Mais informações pelo (35) 3722.3352 ou 0800 570 0800. As vagas são limitadas.
                                                                                         
O termo “bootcamp” surgiu nos acampamentos militares dos Estados Unidos, onde são realizadas atividades físicas de alta intensidade. No caso do Bootcamp de Empreendedorismo, a expressão refere-se a um programa de imersão com ênfase na prática de mercado. O curso intensivo contribui para que o cliente possa desbravar o universo do empreendedorismo e é composto por aulas práticas e vivenciais. A capacitação é voltada para pessoas que querem começar um negócio e para empresários que desejam desenvolver sua capacidade empreendedora.

“O Bootcamp vai apresentar conceitos e ferramentas que permitem aos participantes desenvolver suas ideias e projetos, da criação até a execução, empreendendo de forma inteligente e segura. O foco principal do curso é oferecer ferramentas simples para empreender”, avalia o analista do Sebrae Minas, Ivan Figueiredo.

O treinamento abrange as mais variadas formas de capacitação, tanto para futuros empreendedores quanto para quem já esteja estabelecido e queira alavancar o negócio. Esse foi o caso da empresária de Alfenas, Mariana Raniero, que, há um mês, procurou o Sebrae Minas em busca de orientação e decidiu participar do Bootcamp, pois viu na metodologia uma nova oportunidade para repaginar a empresa que administra. “A oportunidade de participar dessa imersão de empreendedorismo foi a injeção de ânimo que eu precisava para renovar a empresa. Como o material trabalhado é muito rico, já estou me reunindo com a equipe de trabalho e colocando algumas ações em prática. Nesse início, já é possível reavaliar os processos relacionados à gestão administrativa, mercado e público alvo”, afirma Mariana.   

Conteúdo
- Módulo 1 – Mindset Empreendedor: 4 horas
- Módulo 2 – Cliente e Mercado: 4 horas
- Módulo 3 – Problema e Solução: 4 horas
- Módulo 4 – Prototipagem e Mínimo Produto Viável: 4 horas
- Módulo 5 – Canais, Vendas e Modelos Financeiros: 4 horas
- Módulo 6 – Lean Canvas, Storytelling e Pitch: 4 horas

Serviço:
Bootcamp Empreendedorismo em Ação é realizado em Poços de Caldas
Data: de 21 a 23 de agosto de 2018
Horário: das 13h às 22h
Local: Sebrae Poços de Caldas (Rua Marechal Deodoro, 274 – Centro)
Investimento: R$ 200
Informações e inscrições: (35) 3722.3352 ou pelo 0800 570 0800.

Vice-prefeito de Varginha, Vérdi Melo participa do Simpósio do Diagnóstico da Cafeicultura do Sul de Minas




Representando a Prefeitura de Varginha, o vice-prefeito Vérdi Melo participou nesta quinta-feira, 16, na Cidade Universitária do Unis do  Simpósio do Diagnóstico da Cafeicultura do Sul de Minas, uma realização do SEBRAE e da FUNDAÇÃO PROCAFÉ  objetivando levantar e analisar um conjunto de informações relacionadas à estrutura do parque cafeeiro no que tange à produtividade e as atividades realizadas nas propriedades cafeeiras, como as de natureza técnica, de inovações no manejo das lavouras, além da condição socioeconômica envolvida na exploração cafeeira.
Durante o evento as empresas âncoras do Setor Cafeeiro apresentaram aos participantes soluções, produtos/serviços para os cafeicultores. A iniciativa teve por finalidade contribuir para o fortalecimento e o desenvolvimento socioeconômico, além de promover integração entre os membros do ciclo cafeeiro: produtores, corretores, exportadores, centros de pesquisa, armazéns, varejistas, indústria solúvel e de torrefação.
 “Tanto a Fundação Procafé quanto o Sebrae estão de parabéns por esta iniciativa, que reuni num mesmo espaço as principais lideranças da cafeicultura brasileira , para conhecerem o diagnóstico sobre as características e aspectos técnicos, econômicos, sociais e de inovação nas propriedades cafeeiras, que  tomou por base 11 microrregiões representativas da macrorregião Sul de Minas. Varginha é referência na Cafeicultura, sendo mundialmente conhecida por seu potencial, e eventos como estes fortalecem ainda mais nossa cidade”, disse  Vérdi que estava acompanhado dos Secretários Municipais de Agricultura, Marcos Paiva Forest e de Indústria, Pedro Gazzola.

Comissão aprova projeto que proíbe conceder prêmio diferente em função do gênero do atleta

Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Tribuna das mulheres - A importância do projeto promotoras legais populares (PLPs). Dep. Jô Moraes (PCdoB - MG)
Jô Moraes recomendou a aprovação do projeto
A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher aprovou proposta que proíbe o oferecimento de prêmios de valores diferentes para atletas homens e mulheres. A medida está prevista no Projeto de Lei 8430/17, da deputada Gorete Pereira (PR-CE), que acrescenta dispositivo na Lei Pelé (Lei 9.615/98).
O texto foi aprovado na forma de substitutivoapresentado pela relatora, deputada Jô Moraes (PCdoB-MG). “A iniciativa de exigir a isonomia no valor das premiações pagas a homens e mulheres em competições organizadas com recursos públicos vai ao encontro da luta contra a discriminação de gênero”, disse.
Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e agora será analisado pelas comissões do Esporte; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

Reportagem - Ralph Machado
Edição - Marcia Becker

5 dicas para ter uma rotina de estudo para concurso de alta performance

Olá, leitor!
Muitos concurseiros enfrentam dificuldades na hora de estudar e se preparar para um exame. A maioria se perde em relação ao tempo, não sabem quantas horas precisam se dedicar aos estudos, falta preparação e compreensão de técnicas de estudo apropriadas para cada etapa da rotina de estudos para concursos.
Isso tudo pode levar à ansiedade e a uma chance de ir mal no dia do exame e ser reprovado num concurso depois de meses de estudo. Fonte:
Esses tipos de problemas são comuns a muitos concurseiros, mas podem ser evitados aplicando algumas dicas para organizar uma rotina de estudo eficiente e produtiva. Confira as dicas que preparamos!

Veja 5 dicas para ter uma rotina de estudo para concurso

Rotina_de_estudo_para_concurso_publico_como_ser_aprovado_em_concurso_publico_passar_primeira_quanto_tempo_demora_para_passar_em_quantas_horas_por_dia_devo_estudar_para_concurso_porcentagem_de_acertos_para_passar _dicas_para_passar

1 – Antes de estabelecer uma rotina de estudo para concursos cuide da sua motivação

Manter o interesse nos estudos e a motivação para aprender muitas matérias durante alguns meses pode ser um desafio. Por isso antes de iniciar sua jornada e planejar sua rotina de estudos avalie sua motivação, isso mesmo, sua motivação será a energia que o manterá focado a não desistir.
Sem energia e motivação a sua rotina de estudo será tarefa difícil de manter, tarefa chata e sem sentido. Você pode ter os melhores métodos de estudo disponíveis e todos os materiais, mas se não cuidar da sua motivação irá desistir na primeira apostila.
Então procure exames e áreas de interesse para prestar um concurso. Tenha clareza dos seus objetivos pessoais e ganhos (financeiros, emocionais) quando alcançar sua meta de aprovação num concurso.
Escreva seus objetivos, recorte imagens e tenha um cartão com uma frase motivadora para te lembrar sempre que o objetivo não é só o de passar no concurso, vai trazer vários benefícios para sua vida pessoal e profissional.

2 – Faça um cronograma de estudos para se preparar para o concurso

Elabore um cronograma de estudos, verifique quais os dias e horários disponíveis para estudar, e faça uma tabela com os horários, use o calendário e a agenda para marcar os dias de simulados e também as datas dos exames.
Já compartilhamos aqui no Canal do Ensino 5 aplicativos que vão facilitar o planejamento mensal de estudos para concursos e provas, confira neste link.
Além de estipular o horário que irá estudar é importante distribuir as disciplinas de forma a dedicar um tempo adequado para cada uma. Por exemplo, as segundas e quintas podem ser reservadas para estudar matemática, estatística, lógica, enquanto as terças e sextas são dedicadas ao português, interpretação de texto e redação. Ou você poderá adaptar para estudar um pouco de cada disciplina por dia se tiver mais tempo para estudar.
Compartilhamos aqui no Canal do Ensino um modelo de cronograma para quem está se preparando para o ENEM e que pode ser personalizado para fazer uma rotina de estudos para concursos públicos.
Clique aqui para fazer o download da planilha de horário de estudos gratuitamente e faça a sua rotina de estudos.

Utilize a técnica de pomodoro para ganhar produtividade

O ideal é estipular blocos de tempo de pelo menos 50 minutos e estudar com foco total uma matéria, depois descansar por 5 a 10 minutos e seguir para outra disciplina.
Dentro de cada bloco de tempo de 50 minutos estipule um período para teoria (20 minutos) onde irá ler e fazer anotações, criar esquemas e mapas mentais, um tempo para exercícios e questões (20 minutos) e um tempo para correção e revisão (10 minutos).
Confira outras técnicas para estudar para provas e concursos públicos que já compartilhamos aqui.

Utilize apostilas e livros textos para orientar os tópicos que precisa dominar

Para cada disciplina você precisa também ter uma lista dos tópicos para estudar. Você pode fazer lista de verificação e ir marcando à medida que avança ou usar uma apostila ou livro texto para cada disciplina e ir seguindo os capítulos.
Se tiver dúvida sobre quais tópicos precisa estudar, verifique o edital do concurso que pretende fazer e pesquise os livros que pode utilizar como apoio.
Já compartilhamos várias dicas de livros que todos os concurseiros precisam ler, confira:

3 – Evite estas armadilhas na sua rotina de estudos para concursos e exames

As vezes você esta estudando muito, mas pode se perder em algumas armadilhas, então observe algumas dicas para ser mais produtivo:
  • Evite dedicar muito tempo em fazer resumos em vez de prestar atenção nas aulas ou videoaulas e  abandonar outras etapas de fortalecimento da memória como as revisões (por exemplo, questões de revisão e simulados)
  • Evite destacar muito os textos que irão te confundir sobre o que é realmente importante, já que está quase tudo colorido! Procure destacar palavras-chave, fórmulas, sequencias e estruturas;
  • Evite utilizar apenas questões de revisão de capítulo (e suas respostas) como método principal de estudo em vez de usar estas questões para treinar e testar seu conhecimento;
  • Evite estudar com um amigo que não está comprometido; se seu colega não está motivado para estudar e a te ajudar com questões de revisão, criando exemplos, ou revisando notas, é melhor deixar para conversar com ele nas horas de lazer;
  • Evite tudo que possa te distrair durante sua rotina de estudos: assistir televisão, mensagens de texto ou navegar na internet enquanto estuda;
  • Se esquecer de fazer outras atividades é aceitável, e até mesmo recomendado, programar tempo para exercícios físicos, pequenos passeios e horas de lazer. Quando estiver estudando, lembre-se de fazer pausas de 5 a 10 minutos para alongar, tomar água, fazer um lanche para evitar se sentir sobrecarregado.

4 – Faça sempre revisões para fortalecer o aprendizado

Muitos concurseiros acreditam ter uma memória fraca e que se esquecem com facilidade das matérias estudadas. Chegam no dia do exame e travam em tópicos que haviam estudado.
Mas na realidade não é que estão com a memória ruim ou com problemas de concentração, é que não fortaleceram mecanismos de recuperação dos tópicos.
Para ter uma ótima performance no dia do exame e se lembrar de tantos assuntos você precisa organizar sua rotina de estudo para concurso considerando etapas de revisão dos conteúdos que já estudou.
A ideia é traçar uma estratégia que facilita recuperar e fortalecer a memorização a longo prazo dos conteúdos do concurso.

Como fazer isso na prática?

Inclua na sua rotina de estudos para concurso um cronograma de revisão, você poderá fazer isso num dia específico da semana ou estabelecer um horário do dia para revisar tópicos anteriores.
O ideal é distribuir pontos de revisão na sua rotina de estudos para concurso, considere etapas para:
  • revisar o material recém aprendido;
  • estabelecer uma sessão de revisão intermediária;
  • estabelecer uma sessão de revisão final antes da prova do concurso.
As etapas de revisão inicial e intermediária irão te ajudar também a estabelecer conexões com outros assuntos e reforçar conceitos importantes. Outra vantagem de organizar uma rotina de estudos com etapas de revisão, é que você recupera os temas que apresentam dificuldades, podendo tirar dúvidas a tempo antes de deixar para última hora ou se dar conta que não dominou bem o assunto só no dia da prova.

Utilize Mnemônicos na sua rotina de estudos para concurso público

Uma das técnicas de estudo que ajudam muito nas revisões são os mnemônicos. Os mnemônicos ajudam a relembrar facilmente fórmulas etapas e conceitos importantes.
Então invista em escrever e organizar os mnemônicos no seu material para as etapas de revisão.
Esta técnica é eficiente, pois ajuda na memorização e aprendizagem utilizando associação, organização, visualização, que podem incluir abreviaturas, siglas, rimas, imagens, números, fonética, e assim por diante.
Para citar alguns exemplos, para memorizar e revisar com mnemônicos:
  • Sequência dos níveis taxonômicos dos seres vivos, que é Reino, Filo, Classe, Ordem, Família, Gênero e Espécie: O Rei Ficou Claramente Orgulhoso da Família do Genro Escolhido Ou Raio Forte Caiu Ontem, Fazendo Grande Estrago.
  • MARTE – Sobre a finalidade dos atos jurídicos M – Modificar A – Adquirir R – Resguardar  T – Transferir  E – Extinguir (direitos)

Outras técnicas para revisar conteúdos para concurso

Você pode utilizar várias técnicas de estudos para revisar conteúdos para provas e exames de concurso publico, confira algumas:
Faça perguntas-chave sobre os conceitos e tópicos do exame
Você pode fazer perguntas chaves e escrever em cartões, e revisar estes cartões na sua na sua rotina de estudos para concurso naqueles estágios de revisão que estipulou para cada tópico.
Outra forma é também revisar com outros colegas, forme um grupo de estudo para concursos e utilize os cartões para revisar os conteúdos.
Utilize aplicativos de cartões de memorização
Durante sua rotina de estudos utilize um aplicativo e insira os conceitos, perguntas-chave com respostas, fórmulas, mnemônicos com definição dos significados e organize por tópicos. Um aplicativo que poderá utilizar é o Anki.
Veja como instalar o aplicativo Anki. Quando você utiliza o aplicativo ele estipula os intervalos de revisão dos tópicos e conteúdos que inseriu. Para ter o melhor aproveitamento inclua um horário da sua rotina diária de estudos para revisão dos conteúdos, assim você fortalece sua memória de longo prazo.

5 – Faça simulados e resolva questões reais de concursos públicos

Inclua na sua rotina de estudos a resolução de questões de provas anteriores e também dias de simulado.
Na data que estipular para fazer o simulado da prova, cronometre o tempo máximo da prova, anote o tempo que gastou para resolver a prova e verifique seu rendimento, se você precisa melhorar seu tempo de respostas ou se para fazer a redação você precisaria ser mais rápido para organizar suas ideias. Estipule metas para melhorar no próximo simulado e avance na sua rotina de estudos.
Você pode encontrar questões de concursos em vários sites e também utilizar aplicativos. Confira neste artigo aqui os melhores sites e aplicativos para questões de concurso grátis.
Se você está se preparando para a prova da OAB irá gostar deste guia aqui para te ajudar a estudar pela internet.
Bons estudos e até logo!

Comissão simplifica acesso de pessoas com deficiência à isenção de imposto para compra de carro

Michel Jesus/ Câmara dos deputados
Audiência Pública sobre o diagnóstico e tratamento dos cânceres raros. Dep. Juscelino Filho (DEM - MA)
Juscelino Filho apresentou versão que não menciona os tipos de deficiência contemplados com a isenção, para simplificar o acesso ao benefício
A Comissão de Seguridade Social e Família aprovou proposta que isenta de imposto automóveis adquiridos por pessoa com deficiência (PL 3205/15). O projeto original, do deputado Alan Rick (DEM-AC), estendia o benefício de isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para compra de automóveis para pessoas com deficiência auditiva.

Atualmente, a legislação (Lei 8.989/95) prevê a isenção para pessoas com deficiência física, visual, mental severa ou profunda, ou autistas.

O relator no colegiado, deputado Juscelino Filho (DEM-MA), apresentou versão que não menciona expressamente os tipos de deficiência, de forma a garantir o benefício a pessoas com todos os tipos de deficiência. 
Segundo ele, a alteração na lei não representa uma ampliação do número de beneficiários que terão acesso à isenção, mas sim a garantia de que o direito será reconhecido a quem efetivamente precisa do amparo do Estado para superar as dificuldades de participação social.
Ouça esta matéria na Rádio Câmara
“Estabelecer tais conceitos em lei baseados apenas em termos médicos afasta a avaliação social da deficiência, indo na contramão de todo o avanço conquistado pelas pessoas com deficiência”, explicou Juscelino Filho.

TramitaçãoO projeto, que tramita conclusivamente, ainda será analisado pelas comissões de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência; de Finanças e Tributação e de Constituição e Justiça. 


ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

Reportagem – Luiz Gustavo Xavier
Edição – Rachel Librelon

Comissão aprova inclusão de vacina contra HPV no calendário oficial


Cleia Viana/Câmara dos deputados
Audiência Pública com a participação de técnicos do Tribunal de Contas da União - TCU e do Observatório Legislativo da Intervenção Federal na Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro. Dep. Laura Carneiro( DEM - RJ)
Laura Carneiro: o Ministério da Saúde já acrescentou o procedimento em seu calendário de vacinações de meninas e meninos
A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher aprovou a inclusão da vacina contra o HPV – vírus sexualmente transmissível que pode causar câncer – no calendário do Programa Nacional de Imunizações do Sistema Único de Saúde (SUS). O texto inclui a obrigatoriedade na Lei de Vigilância Epidemiológica (Lei 6.259/75).

A medida está prevista no Projeto de Lei 6820/10, do Senado, e recebeu parecer pela aprovação da relatora, deputada Laura Carneiro (PMDB-RJ). Ela destacou que o Ministério da Saúde já acrescentou o procedimento em seu calendário de vacinações de meninas e meninos.
A comissão já havia analisado e aprovado essa proposta em 2017. O tema retornou ao colegiado devido à necessidade de ajustes no parecer da relatora, que agora decidiu rejeitar os sete projetos que tramitavam apensados ao PL 6820/10.

TramitaçãoO projeto tramita em caráter conclusivo e ainda será analisado pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. O texto já foi aprovado pela Comissão de Seguridade Social e Família.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

Reportagem – Ralph Machado
Edição – Rachel Librelon


    Prevenção e controle da obesidade, University of Duisburg-Essen, Espectrometria de massa, Fibrose cística


     Prevenção e controle da obesidade, University of Duisburg-Essen, Espectrometria de massa, Fibrose cística

    FCM recebe professores internacionais em fibrose cística. Especialistas participação de defesas de tese e workshop

    Slideshow

    Últimas Notícias

    Professor Ken Herrmann, from University of Duisburg-Essen, Germany, presented conference at HC - Unicamp Telemedicine Auditorium


    Prevenção e Controle da Obesidade no Âmbito do SUS

    As propostas aprovadas serão financiadas com recursos no valor global de R$10.000.000,00, sendo R$4.082.400,00 em bolsa e R$ 5.917.600,00 em custeio. Leia o edital

    Fique por dentro

    7th Conference on Mass Spectrometry

    De 8 a 2 de dezembro, no Rio de Janeiro. Veja programação e como participar

    Eventos

    16.08: Aula inaugural da Liga de Ortopedia e Traumatologia
    17.08: Mini curso introdutório sobre as possibilidades da História Oral na Saúde
    18.08: Cinquentenário Cirurgia do Aparelho Digestivo
    20.08: SMCC de Campinas terá reunião aberta sobre Judê e Jiu-Jitsu
    22.08: Treinamento Biblioteca FCM 2018 - Mendeley (agosto)

    Comissão aprova pena maior para crime de abuso praticado por filhos contra pais incapazes


    Gilmar Felix / Câmara dos Deputados
    Audiência Pública e Reunião Ordinária. Dep. Dâmina Pereira (PSL - MG)
    A relatora do projeto concordou com a alteração no Código Penal
    A Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa aprovou na terça-feira (14) proposta que aumenta em 1/3 a pena prevista para o crime de abuso de incapaz quando for praticado por filho contra pai ou mãe que sofra de alienação ou debilidade mental. O texto do projeto passa a prever que esse crime será punido com pena que varia de 2 anos e 8 meses até 8 anos de reclusão.
    Foi aprovado o Projeto de Lei 10186/18, do deputado Cícero Almeida (PHS-AL). A relatora no colegiado, deputada Dâmina Pereira (PODE-MG), concordou com a mudança sugerida pelo autor no Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40).
    “Na terceira idade, momento em que estamos mais expostos a enfermidades, há a necessidade de maior amparo e proteção. É altamente reprovável a conduta de um filho se aproveitar conscientemente da incapacidade de seus genitores para cometer abusos contra eles, objetivando auferir vantagem ilícita”, disse a relatora.
    Atualmente, o Código Penal estabelece pena de reclusão de 2 anos a 6 anos, e multa, para quem abusar, em proveito próprio ou de outro, de necessidade, paixão ou inexperiência de menor, ou da alienação ou debilidade mental de outro.
    Tramitação
    O projeto será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

    ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

    Reportagem – Murilo Souza 
    Edição – Roberto Seabra