segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Rede de Notícias do Sindijori MG

COLUNA MG



Farmácia Verde aumenta produção
            Desde fevereiro deste ano, São Lourenço conta com o atendimento da primeira Farmácia Verde do Sul de Minas, através da Secretaria Municipal de Saúde. Ela oferece aos pacientes do SUS medicamentos fitoterápicos de forma gratuita. Até o momento, quatro tipos de medicamentos estão disponíveis, e são complementares aos tratamentos tradicionais, ou seja, para retirá-los há necessidade de receita médica. Devido à crescente procura, a Farmácia Verde está se organizando para ampliar a lista, passando a oferecer 15 medicamentos previstos para 2019 e 2020. (Jornal Pannorama- São Lourenço)

Conferência discute direitos dos jovens
            Apontar os desafios a serem enfrentados e definir ações para garantir o pleno acesso de crianças e adolescentes às políticas sociais, considerando as diversidades. Esse é o objetivo da 10ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente que será promovida no dia 13 de novembro, em Araxá. A Prefeitura, através da Secretaria de Ação e Promoção Social informa que os interessados em participar da discussões já podem se inscrever. É uma oportunidade única para representantes da sociedade civil e do governo dialogarem sobre políticas públicas voltadas à infância e à adolescência, em um grande debate sobre "Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências". (Diário de Araxá)

Saúde de Capelinha tem novos projetos
            A Fundação Hospitalar de Capelinha que tem passado por dificuldades financeiras nos últimos anos, passará a receber uma quantia mensal, a título de recompensa, pela internação de pacientes graves e que, por motivo justificado, permaneçam internados na unidade hospitalar por período superior ao previsto para tratamento normal. A conquista foi alcançada através de esforços da Prefeitura Municipal, junto ao Ministério da Saúde e entrará em vigor a partir deste mês de novembro. Para efetivação de tal conquista, a Administração Municipal solicitou, junto aos governos estadual e federal, o recurso para implantação do projeto da internação para cuidados prolongados. (Gazeta dos Vales - Capelinha)

5ª Festa Literária acontece em Congonhas
            A literatura não é somente sobre a arte de escrever e o poder de dar asas à imaginação por meio da leitura, mas também sobre pensar a contemporaneidade. Assim, a diversidade e a importância da inclusão vão permear a programação da 5ª Festa Literária de Congonhas (Flic), que será realizada entre os dias 6 e 9 de novembro. Com o tema "Poesia e literatura na arte de ler e escrever", o evento terá convidados especiais, exposições e atividades para crianças e adultos. A Flic é realizada pelo Governo Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed). O Museu de Congonhas volta a ser o cenário do Ciclo de Debates. (Estado Atual - Conselheiro Lafaiete)

Tráfico de animais persiste na região
            Depois do comércio ilegal de armas e de drogas, o tráfico de animais silvestres é o crime mais praticado no mundo. No Brasil, o hábito de criá-los como bicho de estimação é o maior responsável pela ilegalidade. Em Juiz de Fora e região, dados da Polícia Militar Ambiental mostram que, entre janeiro a julho deste ano, foram apreendidas 897 aves silvestres, 83 répteis e três mamíferos. No total, são 983 animais oriundos de apanha ilegal realizada na natureza nas áreas verdes e na Zona Rural. Os números da Polícia Militar Ambiental também mostram que 789 gaiolas foram apreendidas nesse período. As multas aplicadas nesses sete meses somam R$ 1.674.771,60. Na região, o tráfico de pássaros é o mais grave. (Tribuna de Minas - Juiz de Fora)

Fupac abre inscrições para vestibulares
            A Fupac - Fundação Presidente Antônio Carlos, de Leopoldina e a Funjobe - Fundação José Bonifácio Lafayette de Andrada, de Cataguases estão recebendo inscrições para os vestibulares do ano letivo de 2019, que serão realizados no dia 24 de novembro deste ano, às 14h. Em Cataguases, a Funjobe oferta o curso de Bacharel em Administração; já em Leopoldina há mais opções e dois novos cursos estão sendo ofertados: o de Engenharia Civil e o de Educação Física. Além disso, o campus oferece os cursos de Biomedicina, Ciências Contábeis e Engenharia Ambiental e Sanitária. (Jornal Leopoldinense)

Feira da Paz é adiada em Manhuaçu
            A prefeita de Manhuaçu anunciou, na noite da quinta-feira, 1, durante reunião ordinária da Câmara de Vereadores, o adiamento da Feira da Paz. O motivo, de acordo com a prefeita, são os constantes atrasos por parte do Estado de Minas Gerais no repasse dos recursos financeiros constitucionais, que chegam ao montante de aproximadamente R$ 21,8 milhões que impactam diretamente nas contas da gestão. "Não podemos ser irresponsáveis num momento tão delicado. A situação dos municípios é desesperadora. Temos que preservar os salários dos funcionários municipais. Acho injusto comemorar uma festa, enquanto muitos estão passando por dificuldades", declarou a prefeita. (Jornal das Montanhas - Manhuaçu)

Nenhum comentário:

Postar um comentário